Os mascotes e nossas relações

Postado por Jaque em 20 de agosto de 2012.


muitas vezes já escutamos, e comprovamos, o que diz a frase (quase um clichê) que diz “o melhor amigo do homem é o cachorro”. Mas por qual razão essa frase se popularizou?

Segundo Joshua Graham, escritor premiado pelas livrarias virtuais Amazon e Barnes & Noble, Nossos animais de estimação podem nos ensinar muito quando se trata de atitudes.

Ao menos quatro atitudes/comportamentos dos animais de estimação seriam as que nos ajudariam a chegar relações mais saudáveis, (seja ela de namoro, amizade e inclusive relações familiares) se nos comportássemos como eles. Descubra agora quais são essas quatro atitudes a seguir:

Graham explica cada uma delas e as descreve (exemplifica) com situações da vida cotidiana. Dê uma olhada:

Verdadeiro amor incondicional

O especialista nos convida para refletir: “Quando se esquece de alimentar seu cão porque está muito ocupado, ele te trata de forma fria ou cínica?”

Com essa pergunta, Graham tenta por em evidência que os mascotes, inclusive quando os esquecemos, não sentem decepcionados ou ofendidos, e pelo contrário, continua nos amando do mesmo jeito.

Agora, imagine como reagiria (ou já reagiu) se seu namorado se esqueceu de ligar ou um amigo não te comprimenta?

Entusiasmo

É admirável a alegria que demostram nossos mascotes cada vez que passamos pelo portão de casa na nossa volta! abanam o rabo, saltam, dá voltas… Inclusive parecem sorrir! Não é mesmo?

Agora, pense na reação de seus pais ou de você quanto a eles, teus irmãos, ou seu namorado quando volta pra casa depois do trabalho, ou faculdade. Não seria fabuloso lhes dar um abraço, um beijo e dizer ‘que bom que você voltou!’?

Fidelidade

Seguramente seu mascote joga, se alegra e passa tempo com qualquer pessoa que chega em sua casa. Mas é sempre você que ele escolhe! Graham classifica esta qualidade como uma anedota.

“Há a história de um garotinho, que se perdeu durante uma tempestade de neve, e não podendo encontrar o caminho de casa. Em qualquer outro caso, ele teria morrido

pelas baixas temperaturas.. Mas seu cão, que havia o acompanhado se enrolou ao redor dele enquanto o garotimho dormia para lhe passar seu calor, e assim, o manter vivo”.

E nós? Estamos dispostos a permanecer sempre do lado de quem amamos? Somos capazes de guiar, proteger ou defender em boas e também más circunstâncias?

Presença

Já notou que seu mascote te segue por onde você vai dentro de casa, ou está atento do que está fazendo quando sai na varanda?

Se bem que Graham explica que não se trata de “observar” as pessoas, sim reflexiona sobre quanto tempo de interação humana temos perdido pelo avanço das tecnologias de comunicação.

“Nos permitiu fazer mais coisas por minuto. E ser mais dependente de nossos celulares ou tablets. Em vez de assistir uma reunião ou visitar uma pessoa para dar feliz aniversário ou que seja um cumprimento, a tecnologia permite que façamos via e-mail”

Quantas outras qualidades de seu mascote que poderia agregar a essa lista? Queremos saber! Nos deixe seu comentário.

Tags: animais, cachorro, amizade.


Tags:
Deixe seu comentário
Utilitários
Siga-nos
Siga e compartilhe!
Facebook Twitter RSS
Estatísticas
Pagerank Dicasmodafeminina.com Dihitt
© Copyright 2017 dicasmodafeminina.com - Todos os direitos reservados