Como parar de ser uma mãe super protetora

Postado por Jaque em 30 de junho de 2014.


Compreender como e deixar de ser uma mãe super protetora não é fácil. Nos tornando desconfiadas e recuadas ao máximo quando se trata de nossos filhos, não é bom para eles nem para nós. No entanto, existem algumas atitudes e mudanças que podemos fazer para deixá-los crescer sem superproteção.

Pode-se parar de superproteger as crianças?

Sim, você pode. Mas se você já reparou que pertence ao grupo de super-protetores, eu tenho que te dizer que a mudança de atitude não é fácil, porém não é impossível. O fato de proteger seus filhos demais pode vir de que você tem sido criado da mesma maneira ou o contrário. Também pode ser porque você teve experiências traumáticas ou tem um medo extremo. De qualquer forma, e por qualquer motivo, acabam repassando o mesmo para o seu filho.

As crianças superprotegidas sentem-se oprimidas, controladas e manipuladas, e embora nós mães inconscientemente nos dizemos “é pro seu bem”, mas o fato é que é muito prejudicial para eles.

como-dejar-de-ser-una-madre-sobreprotectora-2.jpgVERONICAGOMEPOLA/ISTOCK/THINKSTOCK

Reflita sobre o seguinte

Se você está sempre aposta para evitar uma queda, uma possível frustração, decepção, ou qualquer outra coisa que não podia acreditar, como você acha que eles aprendem a cuidar de si mesmas como adultos? Eles vão achar que é impossível, porque não vão saber como fazer, porque no passado sempre tiveram alguém para resolver ou prevenir algo ruim.

É necessário permitir que as crianças tornem-se independentes de acordo com a idade delas, o que não significa que devemos deixá-los sozinhos, mas que eles saibam que estamos perto pra tudo o que você precisa.

As mães super protetoras sofrem mais

Isso é verdade, porque estamos sempre pensando sobre o que poderia acontecer com o nosso pequeno que não vemos o que pode acontecer com a gente, o que nos torna incapazes de desfrutar do nosso tempo livre, estamos cheios de medo e pode até mesmo muitas vezes não permitir que as crianças desenvolvam determinadas atividades, reduzindo seus desejos, necessidades e expansão que necessitam para experimentar por si a vida.

como-dejar-de-ser-una-madre-sobreprotectora-3.jpgVERONICAGOMEPOLA/ISTOCK/THINKSTOCK

Dicas para parar de ser uma mãe super protetora

Confie em seus filhos e deixe-os provar a decidir algumas coisas (dependendo da idade). Deixe-os sentir que eles são capazes, eles podem e não precisam de toda a vez que você esteja ao lado dele. Dessa forma, eles também vão elevar sua auto-estima.

Não os controle, e permita-lhes desfrutar, explorar e simplesmente viver.

Assista suas expectativas; Elas são suas, não deles. Você viveu essa fase, agora lhes permita ter critério e poder escolher quais atividades que eles gostam e as quem não, aprenda a respeitá-lo.

Você acha que você é uma mãe super protetora? Conte-nos sua experiência!


Deixe seu comentário
Utilitários
Siga-nos
Siga e compartilhe!
Facebook Twitter RSS
Estatísticas
Pagerank Dicasmodafeminina.com Dihitt
© Copyright 2017 dicasmodafeminina.com - Todos os direitos reservados